Faremos Vitória grande novamente!

A economia em Vitória não explora todo seu potencial. Lembro-me da primeira década dos anos 2000 em que a cidade possuía inúmeros contratos para a manutenção urbana; inaugurava obras e legalizava imóveis. Existia a real expectativa de crescimento. Veio a crise. Com isso, tempos de arroxo das contas e sacrifício por parte de todos.

Penso que alguns setores, mesmo na dificuldade, têm potencial. Destaco hoje turismo, cultura e esporte. Eventos da região como a "10 Milhas Garoto" apontam para o forte interesse capixaba em praticar e prestigiar o esporte. Uma agenda anual de eventos, combinados com atrações musicais e parceria com o setor privado movimentariam diversos setores. Nossa capital já possui enorme estrutura hoteleira, uma costa que possibilita esportes náuticos, de areia – como já ocorreu no passado e, acima de tudo, há oportunidade de novas vagas de emprego, ainda que temporários.

Em meu mandato, pauto todas as demandas possíveis, mas em especial a causa da mulher, idosos e deficientes; sem tirar minha atenção de nosso potencial de arrecadação. Um país como o Brasil, possui números que evidenciam o desperdício potencial da área. Nosso país anualmente, recebe 6.588.770 turistas. Em termos comparativos, podemos citar a Catedral de Notre Dame, situada em Paris, que recebe 13.000.000 ao ano! O motivo de abordar os temas do turismo, cultura e esporte nesse momento diz respeito ao decreto nº 9.731, de 16 de março de 2019 da Presidência da República, o qual "Dispensa visto de visita para os nacionais das comunidades da Austrália, Canadá, Estados Unidos da América e Japão". Sabemos que essas nações são responsáveis pela maior parte do turismo mundial.

Também é notório que nosso estado vizinho, em especial a capital carioca, uma das principais referências de turismo do Brasil, infelizmente sofre com problemas estruturais e de violência, o que tem contribuído para a diminuição do interesse dos turistas. Este é o melhor momento para Vitória despertar e aproveitar esse espaço, explorar todo seu potencial esportivo, hoteleiro, gastronômico e cultural. Recentemente, foi sancionado o projeto de lei de minha autoria, que equipara as premiações entre homens e mulheres em eventos esportivos públicos, afinal as mulheres são 51,1% da população do país e também são maioria no mundo. É fundamental que sejamos justamente inseridas.

Para Vitória recuperar o seu potencial, será necessário criar ações que despertem interesse dos turistas. Afirmo: maior número de turistas, significa maior número de empregos.

 

Neuzinha de Oliveitaa (PSDB), é vereadora de Vitória. 

Data de Publicação: segunda-feira, 08 de julho de 2019

ACOMPANHE A CÂMARA

Endereço:
Av. Marechal Mascarenhas de Moraes, n° 1788
Bento Ferreira - Vitória/ES - CEP: 29050-940


Telefone: (27) 3334-4500
E-mail: cmv.dec@gmail.com

Atendimento ao Público:
De segunda a sexta, das 08h00 às 18h00

Dia e horário das Sessões Plenárias:
Terças, quartas e quintas-feiras,
a partir das 16h00

Copyright © Câmara Municipal de Vitória. Todos os direitos reservados.
Ágape Consultoria