Meio Ambiente: do discurso à prática

A pauta ambiental tem como mote principal questões associadas ao efeito estufa, geleira, desmatamento, poluição, entre outros assuntos. Aqui no Brasil este debate ganhou corpo em fins dos anos 60 e toda a década de 80. Hoje, a discussão envolve praticamente todo o globo terrestre. A cartilha dos ecologistas tem como premissa básica “mudar seu pequeno espaço (sua aldeia) para mudar o mundo”.

Na prática isto está acontecendo? Estamos antenados a questões simples do dia a dia que tem provocado transtornos à vida urbana? Alguns exemplos: infrações ao código de trânsito, como ultrapassar semáforo vermelho, entrar em via proibida, estacionar em calçada, dirigir com celular ou tablet sobre o volante são cenas que já se tornaram cotidianas. Estamos no mês de junho e o que vemos na imprensa é o aumento do risco de graves acidentes envolvendo balões que entram nas rotas das aeronaves.

Foi-se o tempo que se podia andar tranquilo pelas calçadas. Além das bicicletas, agora corre-se o risco de ser atropelado também pelo patinete. Minha reflexão vai direta a uma proposta e, neste sentido, chamo a atenção dos educadores, pedagogos e psicólogos: que tal uma mudança na grade escolar?

Minha mãe falava que cipó se concerta enquanto está verde. Depois que amadurece fica mais difícil. Crescer aprendendo paradigmas comportamentais é melhor do que mudar o comportamento depois de grande, que é válido também, mas observo ser mais difícil. Vivemos a era das novas tecnologias. A mudança veio a galope e tende a avançar cada vez mais.

O ser humano não pode assistir a tudo como agente passivo sendo apenas um instrumento utilizando a máquina como ferramenta. De nada adianta as novas tecnologias se não tiver o ser humano como agente central do progresso, não somente para consumir, mas principalmente para transformação do meio ambiente promovendo bem-estar, respeito ao próximo, às leis e ao ente querido. Infelizmente não é isso que estamos vendo. Sou otimista. Acredito na capacidade humana.

Luiz Paulo Amorim (PV), é vereador de Vitória 

Data de Publicação: quinta-feira, 06 de junho de 2019

ACOMPANHE A CÂMARA

Endereço:
Av. Marechal Mascarenhas de Moraes, n° 1788
Bento Ferreira - Vitória/ES - CEP: 29050-940


Telefone: (27) 3334-4500
E-mail: cmv.dec@gmail.com

Atendimento ao Público:
De segunda a sexta, das 08h00 às 18h00

Dia e horário das Sessões Plenárias:
Terças, quartas e quintas-feiras,
a partir das 16h00

Copyright © Câmara Municipal de Vitória. Todos os direitos reservados.
Ágape Consultoria