O caos na segurança pública capixaba e as consequências para o comércio e economia local

O Espírito Santo viveu momentos inimagináveis entre os dias 03/02 e 10/02 com a paralisação dos militares e a perda de alguns dos direitos básicos do cidadão: a segurança pública, a paz e o ir e vir em liberdade e segurança. O Estado é destaque na mídia internacional por ocasião do completo caos que por aqui se instaurou.

 

A situação em questão trouxe sérias consequências para população capixaba. Talvez a principal delas, fora o prejuízo psicológico dos cidadãos que dormem e acordam atormentados pela sensação de medo e insegurança, seja o prejuízo causado aos comerciantes.

 

Esses prejuízos podem ultrapassar os R$ 300 milhões aos lojistas nesses dias de portas fechadas. A estimativa é da Federação do Comércio e Bens, Serviços e Turismo do Espírito Santo (Fecomércio-ES). O valor não inclui as depredações e os assaltos: o prejuízo calculado nesses casos gira em torno de R$ 30 milhões. Em apenas uma semana, foram 270 lojas depredadas, sendo que destas, 160 são de Vitória.

 

O comércio capixaba, assim como os demais Estados Brasileiros, que já sofria o baque de uma das piores crises econômicas dos últimos tempos, agora está assolado! Quem mais sofre é o pequeno comerciante. É a padaria da esquina, a papelaria, a loja de roupas dos bairros de periferia...Muitos deles, aliás, não vão reabrir as portas. Outros, vão precisar demitir funcionários. Mais desemprego!

 

As grandes empresas têm seu lucro afetado, mas o pequeno empreendedor tem sua única fonte de sobrevivência em risco. O ideal, neste momento mais crítico, é valorizar o comércio local e fazer o dinheiro circular nos pequenos negócios. Lembrar disso no dia a dia é uma das principais tarefas de casa.

 

Com a ajuda de todos, Vitória e todo o Espírito Santo, será, tão logo, destaque na mídia internacional pela sua capacidade de recuperação e de se reerguer depois de uma dos piores problemas já enfrentados por aqui. Com essas medidas e muito otimismo, o Estado será destaque pela resiliência de seu povo, que não cansa, jamais, de trabalhar e confiar. Dias melhores virão.

 

Artigo de autoria do Vereador Sandro Parrini (PDT)

Data de Publicação: segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

ACOMPANHE A CÂMARA

Endereço:
Av. Marechal Mascarenhas de Moraes, n° 1788
Bento Ferreira - Vitória/ES - CEP: 29050-940


Telefone: (27) 3334-4500
E-mail: cmv.dec@gmail.com

Atendimento ao Público:
De segunda a sexta, das 08h00 às 18h00

Dia e horário das Sessões Plenárias:
Terças, quartas e quintas-feiras,
a partir das 16h00

Copyright © Câmara Municipal de Vitória. Todos os direitos reservados.
Ágape Consultoria