A falta de empoderamento dos negros nas eleições capixabas

Na região metropolitana da Grande Vitória, a etnia negra foi a que teve menor representatividade entre os parlamentares eleitos nesta eleição, em que 30 se declararam pardos, 37 brancos e apenas 11 se declararam negros.

A baixa representatividade negra no parlamento me faz repensar sobre um caminho para a ampliação da diversidade racial na política, pois negros e negras representam quase 51% da população brasileira.

Especificamente na Câmara Municipal de Vitória, onde fui reeleito, temos somente um representante negro. Percebo que nos demais setores da sociedade, a participação dos negros segue a mesma lógica observável. As estatísticas demonstram que eles são minoritários e, mesmo quando ocupam cargos prestigiados, não estão livres do preconceito e do estigma da cor.

No Brasil, dos candidatos nas Eleições de 2016, cerca de 51% dos candidatos (253.122) afirmaram ser brancos e 39,10% (192.292) pardos e que APENAS 8,65% (42.524) se declararam negros.

A conclusão que chego é que a luta contra o racismo ainda não foi suficientemente abraçada e particularmente acredito na luta por uma sociedade plenamente democrática e justa.

Data de Publicação: segunda-feira, 07 de novembro de 2016

ACOMPANHE A CÂMARA

Endereço:
Av. Marechal Mascarenhas de Moraes, n° 1788
Bento Ferreira - Vitória/ES - CEP: 29050-940


Telefone: (27) 3334-4500
E-mail: cmv.dec@gmail.com

Atendimento ao Público:
De segunda a sexta, das 08h00 às 18h00

Dia e horário das Sessões Plenárias:
Terças, quartas e quintas-feiras,
a partir das 16h00

Copyright © Câmara Municipal de Vitória. Todos os direitos reservados.
Ágape Consultoria