Prefeito Luciano Rezende presta contas na Câmara de Vereadores de Vitória

 

 

Em Sessão Especial realizada nesta sexta-feira (28), a Câmara de Vereadores de Vitória (CMV) recebeu o prefeito Luciano Rezende (PPS) para a prestação de contas do segundo semestre de 2018 (na forma do art. 113, inciso XIII, da Lei Orgânica do Município de Vitória), que durou mais de 4 horas.

 

"Este é um governo reto, rápido, inteligente, transparente e online. Nossa administração recebeu destaque recentemente no jornal O Estado de São Paulo e a revista Exame considerou Vitória a Capital mais fácil para se investir no Brasil, em função da desburocratização", iniciou o prefeito, após cumprimentar a todos.


Essa é a 12ª vez que o prefeito Luciano Rezende faz a prestação de contas na CMV. O prefeito fez questão de agradecer o trabalho dos 13.000 servidores municipais para o sucesso de todas as ações municipais. Em seguida, fez sua prestação de contas apresentando um vídeo de dez minutos ao público formado por secretários, servidores, lideranças comunitárias e os parlamentares que compõem a Câmara de Vitória. 

 

Durante o vídeo foram citadas várias ações da Prefeitura de Vitória, como a iluminação em LED e vapor metálico em 59 bairros, o Cerco Inteligente de Segurança, a implantação da linha verde no trecho Jardim da Penha a Jardim Camburi, obras de urbanização e contenção de encostas, manutenção e instalação dos abrigos de pontos de ônibus, reforma de escolas, investimentos na Educação de tempo integral, novas viaturas para a Guarda Municipal, instalação de Academias Populares e castração de animais, reforma total da FAFI, lançamento da ferramenta Observa Vix, semáforos inteligentes, Guarda Online com smartphones, 94% de resolutividade no Fala Vitória (156), Gabinete Itinerante nas nove regiões, 95,79% de abastecimento nas farmácias municipais, 18.500 atendimentos odontológicos e a decoração natalina, que tornou Vitória umas das cidades mais atraentes para o turismo neste final de ano, dentre outros itens mostrados.

 

Após a explanação do prefeito, o vereador Denninho Silva (PPS) iniciou a fase dos questionamentos. O vereador agradeceu a boa administração do prefeito que permitiu o início da climatização das salas da Escola Adão Benezath, em Goiabeiras, e sugeriu que a ornamentação natalina de Vitória em 2020, comece em novembro para fortalecer o turismo. O prefeito agradeceu e informou que o investimento no turismo é fundamental e que, segundo fontes oficiais, neste final de ano Vitória tornou-se o nono destino turístico do país, passando à frente de Salvador.

 

O vereador Leonil (PPS) pediu destaque para a iluminação do bairro de Maruípe e da Pedra dos Dois Olhos, e a implantação do Bike Vitória na Marechal Campos. O prefeito respondeu que a iluminação da Pedra depende de fatores ecológicos, para não perturbar a fauna local, mas o planejamento está sendo realizado. Quanto à iluminação dos bairros com LED e vapor metálico, ela já está presente em 59 dos 80 bairros de Vitória, e a previsão é que atinja todos os bairros até 2020. "A implantação de Bikes ocorre em toda Cidade e a tendência é a ampliação. Em 2019 chegam também os patinetes elétricos, que não precisam de estação, porque serão coordenados por aplicativo", anunciou.

 

O vereador Max da Mata (PSDB) questionou o site Trabalha Vix, que serve para oferta de empregos na Capital, solicitou ciclovias na avenida Rio Branco sem interferir nos estacionamentos, e melhorias em bairros como Inhanguetá, Centro e vários outros. Luciano Rezende agradeceu as sugestões e reforçou o objetivo da municipalidade de dar dignidade aos bairros de Vitória. Ele citou investimentos de R$ 14 milhões em Conquista, R$ 6 milhões na parte alta do Centro e R$ 20 milhões na área de São Benedito, Bonfim e Consolação, que é o maior canteiro de obras daquela região. O prefeito disse também que autorizou sua Procuradoria a rever a possibilidade de compra da área citada pelo vereador em Inhanguetá para uso em prol da comunidade.

 

"Quanto à questão da avenida Rio Branco, na Praia do Canto, estamos retomando o debate para encontrar uma solução no mesmo estilo que foi usado na Rua da Grécia, que estará concluída em meados de 2019. Mas pretendemos começar a solucionar o problema da Rio Branco já, partindo de Santa Lúcia, começando a ciclovia a partir da Leitão da Silva e, enquanto isso, buscar um ponto de equilíbrio para equacionar a questão", afirmou o prefeito.

 

Luiz Paulo Amorim (PV), após elogiar a iluminação natalina na Praça de Itararé, que foi feita pela primeira vez, encaminhou uma demanda da comunidade sobre a construção de banheiros públicos no local e nas praças de modo geral. O prefeito Luciano Rezende explicou que os banheiros nas praias são fruto de concessão, e esse modelo está sendo usado para estudar a possibilidade de implantação nas praças. "Mas o uso será pago para garantir a qualidade e evitar a destruição e vandalismo", explicou.

 

Neuzinha de Oliveira (PSDB) levantou vários questionamentos, entre eles o Programa Praia Acessível, com as cadeiras anfíbias, que permitem que os cadeirantes possam usufruir do verão na orla. Ela informou que os usuários estão reivindicando que, pelo menos no verão, em janeiro, o horário de funcionamento das cadeiras anfíbias seja entre 9 e 16 horas, de quinta a domingo. Ela também pediu a construção de pontos elevados para guarda vidas, o que lhes facilitaria o trabalho. O prefeito disse que o horário poderá ser estudado e dar publicidade junto ao programa porta a porta, e disse também que mais 20 cadeiras anfíbias foram compradas pela Prefeitura. Quanto às estações elevadas para os guarda vidas, ele garantiu que serão reconstruídas mais seis, que começam a funcionar em cinco de janeiro com mais vigilância, para evitar as depredações ocorridas no passado.

 

Davi Esmael (PSB) questionou Luciano Rezende sobre a frota de veículos da Prefeitura Municipal e a necessidade de reduzi-la e colocou em pauta o debate necessário sobre a Praça do Cauê e o gargalo que ela representa para o trânsito em Vitória, sugerindo que a PMV capitaneasse a solução dessa questão. E renovou seu pedido sobre a criação de uma Central de Surdos no Município. O prefeito garantiu que já tomou iniciativas para solucionar a questão da Praça do Cauê, que será ampliada para os lados e ganhará novos equipamentos e disse que o atual projeto encontrará consenso com a comunidade local. Disse também que é defensor fervoroso da redução da frota de veículos municipal, e que só são comprados para áreas essenciais como a Guarda Municipal, e agradeceu à Câmara de Vitória, cuja doação permitiu a compra de 11 veículos novos. "Na área administrativa estamos recorrendo à locação. E a Central de Surdos também vai sair, a partir de janeiro, e estamos definindo o local", respondeu.


O vereador Nathan Medeiros (PSB) pediu informações ao prefeito sobre a nova unidade de Saúde de Santo Antônio, a Baia Noroeste e reivindicou um Skate Park na região da Grande São Pedro. O prefeito explicou que, quanto à Orla da Baia Noroeste, a obra já está sendo construída em vários aspectos, mas depende do financiamento do BID, cuja liberação deverá acontecer no próximo ano, mas é uma obra grande que atravessará várias gestões. O mesmo acontece com a Unidade de Saúde de Santo Antônio, que já tem terreno próprio. Quanto ao Skate Park na região da Grande São Pedro, a licitação está prevista para janeiro.

 

Dentre outros questionamentos, o vereador Dalto Neves (PTB) elogiou o prefeito pelo tratamento igualitário que vem sendo dado a todas as regiões de Vitória e agradeceu pelas obras que estão sendo feitas nas escolas Alvimar Silva, em Santo Antônio, e Paulo Freire, no Bairro Inhanguetá, e pediu uma previsão de término das obras. Ele também pediu informações sobre as Unidades de Saúde de Santo Antônio e Grande Vitória e sobre o Cais do Hidroavião. O prefeito informou a escola Paulo Freire será concluída em dezembro de 2019, e a Paulo Freire em setembro de 2018, e ambas deverão entrar em operação em 2020. "Outra boa notícia é que os mobiliários e os equipamentos das escolas já foram comprados. Quanto ao Cais do Hidroavião, o edital de concessão que fará do local uma base gastronômica e social já está pronto. O SPU vai doar a área no ano que vem e ainda no primeiro semestre começam as obras".

 

O vereador Wanderson Marinho (PSC) reivindicou uma linha seletiva que ligasse a região de São Pedro a áreas nobres da Capital e o fomento do setor esportivo, estimulo a geração de trabalho e renda na região. Ele agradeceu os avanços ocorridos no local, como a iluminação LED e outros, e pediu informações sobre o Parque do Mulembá. O prefeito explicou que o atual sistema municipal de Vitória está falido, mas uma solução poderá ser encontrada em reunião que realizará com o futuro governador Renato Casagrande (PSB), em que a fusão com o Transcol será debatida. Ele também garantiu um novo convênio com o Racing Futebol Clube que está sendo elaborado e afirmou que está trabalhando na solução de um litígio que envolve a área do Mulembá. "Já temos uma previsão no PDU para que a área sirva à iniciativa privada e uma área social para usufruto da sociedade", disse ele.

 

Cleber Felix (PROG) pediu respostas para problemas que envolvem a revitalização da Orla de Andorinhas, o Campo do Lolão e um problema de trânsito que envolve uma grande empresa na região. Quanto à Orla, o prefeito explicou que a revitalização tem que ser permanente, pelo desgaste natural e o vandalismo que ocorre no local, mas tranquilizou o vereador garantindo que o trabalho será feito. Quanto ao Campo do Lolão, Luciano Rezende explicou que infelizmente a obra parcial que havia sido planejada não vai resolver o problema. "O Campo precisa trocar totalmente a grama de forma definitiva, por isso será necessário um novo projeto, que será concluído no mês de janeiro".

 

O atual presidente da Câmara no biênio 2017/2018 Vinicius Simões (PPS) aproveitou a oportunidade para fazer um balanço do período que esteve à frente da Câmara de Vitória. "Entrego o cargo ao vereador Cleber Felix com a sensação do dever cumprido e certo de que será dado continuidade ao bom trabalho que vem sendo feito com a ajuda de todos os vereadores, diretores e servidores", disse ele. O prefeito Luciano Rezende considerou excelente o trabalho realizado por Vinicius Simões e citou o Papa Francisco: "Quando cresce uma floresta não há barulho. Quando cai uma árvore, há barulho. O que quero dizer é que o silêncio na administração dessa Casa é sinal de uma condução feita de forma isenta, se relacionando com a Prefeitura respeitosamente. Então tenha certeza do dever cumprido. Parabéns. E tenho certeza que Cleber Felix continuará esse bom trabalho", concluiu.

 

Em seguida o futuro presidente da Câmara, vereador Cleber Felix (PROG) cumprimentou a todos e afirmou que fará o possível para ser um presidente dedicado a manter a Câmara transparente, atendendo à Cidade e à população de Vitória.

 

O último vereador a se manifestar foi o deputado eleito Fabrício Gandini (PPS), que se despede da Câmara. Ele utilizou o espaço para fazer um balanço do período que passou pela Câmara e a evolução que vivenciou ao longo do tempo. "Chegar aqui hoje e olhar para traz me dá um orgulho enorme. Agradeço ao prefeito Luciano Rezende e quero trabalhar para fazer de Vitória e do Espírito Santo um lugar melhor para os capixabas".

 

Em suas considerações finais, o prefeito agradeceu à Câmara pela parceria para enfrentar os momentos difíceis, com responsabilidade e elogiou os vereadores Vinícius Simões e Cleber Felix. Luciano Rezende convidou a todos para apreciar a festa de final de ano nos pontos organizados pela Prefeitura de Vitória. "Estou extremamente realizado e feliz por ter tido a oportunidade de ser o prefeito de Vitória por duas vezes e quero ser lembrado por ter feito o melhor que eu pude. Feliz 2019 e desejo a todos muita paz e capacidade de diálogo, fraternidade e solidariedade".


 

  Texto: Mágda Carvalho

#paracegover

Departamento de Comunicação:

Diretora: Gabriela Souza

Jornalistas: Mágda Carvalho e Fátima Pittella

Fotógrafo: Rhuan Alvarenga

(27) 3334-4650

cmv.dec@gmail.com

www.cmv.es.gov.br/

www.facebook.com/camaradevitoria

https://www.instagram.com/camaramunicipaldevitoria

https://www.twitter.com

 

 

Data de Publicação: sexta-feira, 28 de dezembro de 2018

ACOMPANHE A CÂMARA

Endereço:
Av. Marechal Mascarenhas de Moraes, n° 1788
Bento Ferreira - Vitória/ES - CEP: 29050-940


Telefone: (27) 3334-4500
E-mail: cmv.dec@gmail.com

Atendimento ao Público:
De segunda a sexta, das 08h00 às 18h00

Dia e horário das Sessões Plenárias:
Terças, quartas e quintas-feiras,
a partir das 16h00

Copyright © Câmara Municipal de Vitória. Todos os direitos reservados.
Ágape Consultoria